HASSIS

(1926-2001)

Hiedy de Assis Corrêa – o Hassis – nascido em Curitiba-PR chega à Florianópolis-SC com dois anos e três meses de idade em 1928. Durante anos, a multiplicidade das fontes acumuladas por Hassis é uma de suas principais marcas. Sua casa, hoje Fundação Hassis no bairro Itaguaçu, onde todo o rés-do-chão abrigava o ateliê, é uma verdadeira reunião de espaços e tempos. Igualmente, o espaço do ateliê tinha múltiplas funções para Hassis. Era reserva técnica, acervo permanente de fotografias, negativos, slides, rolos de filmes cinematográficos, livros, jornais, pastas de desenhos, discos, vídeos, etc. Concomitantemente, era seu espaço de criação, onde pintava, esculpia, gravava sua animação, seus grafismos sobre a película ou mesmo filmava a si mesmo pintando. Boa parte de sua existência artística ali se passara. Sem seu arquivo, Hassis não seria Hassis. Toda a evolução plástica de Hassis aborda seus registros de infância, situações do cotidiano, as marinhas, os temas sociais e sempre o folclore ilhéu, os lugares e personagens da terra catarinense, onde vive desde os dois anos de idade, e também onde se tornou marco importante no contexto de nossa arte. Ele mesmo levara 75 anos para se explicar e mesmo assim não se deu por satisfeito, com toda certeza. O melhor é retornar mais uma vez em sua frase mais conhecida: “Eu, graças a Deus, nunca encontrei o que busco”. Esse era Hassis, um artista inquieto em intensa e profunda busca visual que lhe ocupara toda a existência.

Site do artista
SAMBISTA
ALMOFADAS
QUADRADA 70X70CM
HASSIS
R$ 50,00